O SEU PORTAL NA BAHIA

Notícias Justiça

‘Rei Arthur’ é condenado nos EUA por esquema de apoio às Olimpíadas Rio-2016

Empresário brasileiro vai cumprir pena de três anos de prisão em liberdade condicional na própria casa ou em uma moradia supervisionada por autoridades locais

‘Rei Arthur’ é condenado nos EUA por esquema de apoio às Olimpíadas Rio-2016
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O empresário brasileiro Arthur Soares, conhecido como “Rei Arthur“, acusado de coordenar o esquema de compra de votos para escolha do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016, está foragido há anos. Entretanto, ele não conseguiu escapar da condenação. Um processo também foi aberto contra ele nos Estados Unidos para apurar o esquema de corrupção. No país, o empresário confessou o crime. O rei Arthur está foragido há anos nos Estados Unidos e vive em uma mansão em Miami de quase 500 metros quadrados. Ele vai cumprir pena de três anos de prisão em liberdade condicional na própria casa, segundo a justiça norte-americana, ou em uma moradia supervisionada por autoridades locais. Arthur vai ter ainda que devolver US$ 2 milhões à justiça.

Em depoimento em meados de 2019, no Rio de Janeiro, ao juiz Marcelo Bretas, titular da Lava Jato, o ex-governador Sérgio Cabral revelou como funcionava o esquema de corrupção. Cabral Disse que o Brasil comprou por US$ 2 milhões os votos garantiram a capital fluminense como sede das Olimpíadas de 2016. Arthur Soares teria sido o agente pagador do esquema e teria pago ao membro senegalês do comitê olímpico internacional Lamine Diack, que teria repassado parte desses recursos a outros membros africanos do comitê para garantir votos em favor da cidade do Rio de Janeiro.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!