O SEU PORTAL NA BAHIA

Notícias Opinião

Para facilitar o turismo

É preciso oferecer informações acessíveis e organizadas para que os visitantes possam fazer os seus roteiros e explorá-los da forma mais produtiva, de acordo com seus interesses,

Para facilitar o turismo
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O turismo é uma das mais relevantes atividades econômicas do mundo e ainda com grande potencial de crescimento no Brasil e no Rio Grande do Sul. O sucesso de um destino, no entanto, depende de fatores que vão além da curiosidade dos viajantes em conhecer belezas naturais, atrações e cultura de um determinado local. É preciso oferecer uma série de serviços que tornem a experiência ainda mais agradável e também disponibilizar informações acessíveis e organizadas para que os turistas possam fazer os seus roteiros e explorá-los da forma mais produtiva, de acordo com seus interesses, recursos e tempo.

É inequívoco que a Capital aproveita pouco esse fluxo de pessoas que, em regra, chegam pelo aeroporto Salgado Filho e, em sua maioria, se deslocam à Serra

Região mais procurada do Estado Sulista, a Serra soube desenvolver estes aspectos. Podem parecer secundários, mas são essenciais. Encontrar sem muito esforço referências sobre os pontos turísticos, onde ficam, como chegar, o que será encontrado no lugar, entre outros dados, torna o passeio mais proveitoso. Impressões positivas têm o poder de fazer com que o turista pense em retornar e, ao relatar as suas vivências, despertam o interesse em outras pessoas. É algo ainda mais poderoso em tempos de redes sociais, em que sentimentos e opiniões podem ter grande alcance em minutos.  

Noticia-se que está em curso um esforço para tornar Porto Alegre mais atrativa para os turistas. Um dos diagnósticos é de que a Capital, a despeito de ser um relevante destino de turismo de eventos e de negócios, tem problemas na comunicação e na localização dos locais de interesse dos visitantes. Uma das ideias seria criar um portal na internet com essas informações elementares. Parece simplório, mas é algo basilar. A cidade tem uma bela Orla revitalizada, um grande número de cervejarias no 4º Distrito, um centro cheio de história, boa gastronomia, museus de acervos diversificados, uma zona rural repleta de atrações e delícias e passeios encantadores disponíveis tanto no Guaíba quanto por vários pontos da cidade. Mas falta, sem dúvida, a organização destas informações para os viajantes.

O IBGE divulgou ontem novo levantamento sobre o turismo no Brasil. O Rio Grande do Sul é o quinto principal destino do país para viagens nacionais. Não é pouco. Mas é inequívoco que a Capital aproveita pouco esse fluxo de pessoas que, em regra, chegam pelo aeroporto Salgado Filho e, em sua maioria, se deslocam à Serra, para a região das Hortênsias, para desfrutar do enoturismo ou conhecer os cânions da parte mais elevada do Estado. Porto Alegre pode não ter vocação para ser uma âncora do turismo de lazer, como são Rio, Florianópolis ou outras capitais do Nordeste, mas tem o que mostrar. 

Será de grande proveito, portanto, se o movimento que se anuncia de poder público, entidades empresariais de áreas relacionadas e outros órgãos lograr êxito neste esforço de divulgar melhor a cidade. Ao fim, se for exitoso, resultará na vinda de mais visitantes para o Estado, contemplados com a possibilidade de conhecer melhor o Rio Grande do Sul, seu principal centro urbano e ainda, em seus roteiros de viagem, outras regiões gaúchas agraciadas por encantos naturais ou com diferentes características culturais, mas que em comum têm a reconhecida hospitalidade rio-grandense. Todos ganham.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!