Virou moda para a ESQUERDA perseguir mulher na Bahia.

Virou moda para a ESQUERDA perseguir mulher na Bahia.

Misoginia significa aversão às mulheres que se notabilizam, sobressaem além dos homens por feitos realizados e pelo fato de simplesmente ser mulher.

Estas são perseguidas e ou machucadas por serem mulheres. Muito comum também homens usarem outras mulheres para perseguir o seu alvo. Tal como foi o que ocorreu entre o ex-secretário de saúde da Bahia que não aceitou a justificativa dada por uma chefe de cozinha e dona de um restaurante na Bahia e a chamou de “vagabunda” e o pior foi para mídia falar de coisas pessoais da mulher que se destaca na culinária baiana, não levando em consideração a competência empresarial e técnica da chefe de cozinha baiana e o respeito que toda mulher merece. Isso é considerado ato de misoginia. Tão combatido pela esquerda, mas, parece que virou moda perseguir especialmente as mulheres com feitos a favor do bem.

Agora a DRA. RAISSA SOARES virou a bola da vez! A Doutora que atende pelo protocolo precoce e suas profilaxias desde fevereiro de 2020, tida como a heroína da Bahia! Defensora das muralhas de Porto Seguro, que foi laureada por ter realizado feitos e com notórios serviços prestados à comunidade de Porto Seguro, que se notabilizou como cidadã portosegurense, tal como ocorreu em Eunápolis, que recebeu da Câmara Municipal deste município o título de cidadã Eunapolitana mediante sua atuação contra o Covid 19.

Um tal deputado da capital da Bahia, desconsiderando as vozes do povo a favor da doutora, juntamente com o seu partido um tal PSOL e querendo se promover inventa e oferece denúncia em um processo contra a médica mais famosa da Bahia e do Brasil, usando o Ministério Público para perseguir com invencionices sem fundamento, sem eira e nem beira uma mulher, médica, mãe de família, evangélica e com relevantes serviços prestados á comunidade de Porto, Bahia e Brasil.
O que sabemos é que, o deputado e o PSOL têm coragem para perseguir mulheres. Mas não tem coragem nenhuma para apurar e denunciar onde estar o dinheiro dos respiradores que o governador da Bahia comprou e que ninguém sabe onde foi parar. Não investiga e muito menos denuncia ao Ministério Público os bilhões gastos na pandemia.

Para um deputado e um partido que não tem nenhum serviço prestado, é fácil ser conivente em cumprir a promessa que o Governadozinho da Bahia fez em uma “live”: “vou processar aquela mulher de Porto Seguro. ” Rui Costa, parece que você não tem mulher e se tem não respeita a sua, não é ” AQUELA MULHERÉ A MULHER! É DRA. RAISSA SOARES!, aquela que você com sua incompetência e visão retardada, juntamente com o casal de larápios que todo o Brasil os conhecem, demitiram no ano passado, por medo e pelo valor da bandeira que ela levantou para SALVAR VIDAS, coisas que a sua tal “CORRERIA” ,não deixa você fazer. É A MULHER QUE USA O PROTOCOLO COM CORAGEM, DETERMINAÇÃO, CONHECIMENTO e APOIO DAS VACINAS, para curar as pessoas, ato que você Governador e seus asseclas de plantão não consegue demonstrar e fazer. É A MULHER, que coordena o processo mais eficaz de vacinação de todo o Estado, mesmo com seus comandados atrasando a entrega de vacinas em nossa cidade; que em quase 9 meses atuando como Secretaria de Saúde da Prefeitura de Porto Seguro em parceria com o Prefeito Jânio Natal, já construiu diversas unidades médicas, contratou novos médicos, melhorou a qualidade da mão de obra, ampliou salários dos profissionais e dos horários de funcionamento dos postos de saúde e que acorda todos os dias para trabalhar, coisa que o senhor não sabe o que é. É A MULHER, que cuida do dinheiro com seriedade, honestidade, que não aceita negociatas, parceiros falsos e levianos, que presta contas ao Prefeito e ao Povo. É A MULHER, que anda em qualquer lugar de cabeça erguida, que volta para casa, se reúne com seus filhos e marido, agradece a DEUS pelo dia que teve e dorme o sono do justo, coisa que muito de vocês e o senhor não sabem o que é.

Quanto ao Deputado e seu partido, subservientes , processadores de mulheres, perseguidores, que usam os mesmos mecanismos de um tal ex-secretário da saúde e parceiros de partido, que caiu por não respeitar as mulheres e que assistem atônicos o crescimento de uma Médica que nunca se lançou ou falou em ser candidata a nada e que espontaneamente aparece nas pesquisas tanto para governadora, como para Senadora, com números que surpreendem, sendo conhecida em 85% dos municípios da Bahia, e conta apenas com 2% de rejeição. Tudo isso, deve causar ódio e loucura aos misóginos de plantão ainda mais que ela é uma mulher e o pior evangélica.

Deixa a doutora trabalhar, vão atrás dos corruptos que roubam a “grana” que era para comprar remédios, equipamentos, construir unidades médicas de pronto atendimento e pagar os médicos nessa pandemia.
Vão procurar saber onde está o dinheiro dos respiradores. Vão procurar investigar porque o Governo do Estado não paga suas contas e não cumpri os compromissos assumidos com os diversos médicos da Bahia.
Vão procurar saber por que os nossos jovens estão na criminalidade, por que nossas famílias estão sendo disseminadas pela violência, porque terras estão sendo invadidas e seus verdadeiros donos estão ficando a míngua.
Vão trabalhar e fazer jus ao dinheiro que pagamos a vocês com os nossos impostos.

O Portal AGAZETTA, procurou a assessoria Jurídica da Secretária de Saúde Dra. Raissa Soares, para se certificar sobre o processo em andamento no Ministério Público Estadual e recebeu uma nota oficial que publicamos abaixo:

NOTA OFICIAL

A Defesa da Secretária de Saúde do Município, Dra. Raissa Soares, esclarece que a Ação Civil Pública promovida pelo MP-BA em seu desfavor, causa enorme estranheza pela manifesta ausência de fundamentos fáticos e jurídicos que a amparem.

Importante pontuar que o ajuizamento de uma Ação Civil Pública exige a apuração e reunião prévia de elementos probatórios de conduta juridicamente reprovável. Todavia, as investigações conduzidas pelo MP-BA no caso em tela – que, inclusive, decorreram de denúncias vazias, materializadas em distorções e descontextualizações, bem como em inverdades, com fulcro em perseguição ideológica e em conturbar uma elogiável atuação no enfretamento da pandemia da Covid-19 – foram claramente inconclusivas no que concerne à prática de qualquer ato ilegal pela Dra. Raissa Soares.

A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 afirma, em seu art. 196 que a Saúde direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

Por fim, esclareça-se que o conjunto de posturas adotadas pela Secretária de Saúde do Município de Porto Seguro; tanto como agente pública, como médica-cientista, tem escopo na consecução do direito fundamental à saúde da Comunidade porto-segurense e revela o seu compromisso com a vida do ser humano.

Por ocasião, informa a defesa que a Dra. Raissa Soares ainda não foi citada formalmente e quando o for, empenhará todos os esforços jurídicos para a consecução da verdade real.

Porto Seguro, 18 de agosto de 2021.

DIEGO CASTRO BARBOSAAdvogado-OAB/BA 67907 / ODEMILSON LUZ DE MATOSAdvogado-OAB/BA 59477

E mais uma vez, aos meus parceiros de Portais de notícias, parem de vender suas almas ao inferno e vão trabalhar para o crescimento da nossa gente Baiana e deixa a doutora trabalhar!

Por Sérgio Tripper
AGAZETTA – Independente Sempre!

Share