Urgente: cunhado de Gilmar Mendes é encontrado em boca de fumo e com várias armas

Urgente: cunhado de Gilmar Mendes é encontrado em boca de fumo e com várias armas

O irmão da esposa de Gilmar se deu muito mal em Fortaleza. Com ele foi encontrado um verdadeiro arsenal

A grande imprensa não está noticiando direito, mas nós noticiamos: o empresário Valdemir Feitosa, de 58 anos, foi preso na tarde deste sábado (22) numa boca de fumo no bairro de Papicu, em Fortaleza (CE). Com ele, os policiais encontraram uma arma. Mas ele tinha muito mais que uma: no seu apartamento, a polícia encontrou um verdadeiro arsenal.
Valdemir é o irmão de Guiomar Feitosa Lima Mendes, a esposa do juiz do STF Gilmar Mendes. Ele também é irmão de Chiquinho Feitosa, ex-deputado federal cearense. Esse armamento custa centenas de milhares de reais, com direito à metralhadora de guerra, poderosas pistolas .40, rifles de precisão (de snipers), e muita munição. É um poder de fogo superior a de muitas unidades da Polícia. Como um parente de um juiz do STF tinha acesso a esses traficantes de armas, e afinal, por que ele mexia com isso?

Ministro Gilmar Mendes cunhado de Valdemir Feitosa

O esquadrão AntiBombas do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), da Polícia Militar (PM), foi chamado na manhã dessa sexta-feira (21) até o apartamento do empresário Valdemir Feitosa, de 58 anos. Havia a suspeita da existência de artefatos explosivos de grande proporção. Ao chegar ao local, em um prédio na Av. Beira Mar, os agentes vasculharam, mas não encontraram nenhuma bomba no local.

O empresário Valdemir Feitosa foi preso pela Polícia Militar em uma boca de fumo Saporé, no bairro Papicu, em Fortaleza. Ele estava sob posse ilegal de uma arma de fogo. Ao ser levado até seu apartamento, descobriram a existência de um arsenal de armamentos que incluíam fuzispistolasrevólveres e espingardas, além de muita munição.

Valdemir é de família política poderosa no estado do Ceará. O irmão do empresário, inclusive, chegou de helicóptero para acompanhar a prisão.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) avançou nas investigações sobre a apreensão do arsenal de armas do empresário Valdemir Feitosa, que foram encontradas no apartamento do próprio empresário, localizado na Av. Beira-Mar, no Meireles, bairro nobre de Fortaleza.

As investigações constataram que todas as armas apreendidas, entre elas fuzis e espingardas, são de Valdemir Feitosa. O próprio empresário confessou ser atirador e dono do armamento. “Comprei todas, e são minhas, porque gosto de atirar. É legítimo”, admitiu. Dependente químico e atirador, o empresário chegou a ser preso em outras oportunidades, além de internado em clínicas, para tentar vencer a dependência.

O irmão de Valdemir, cuja identidade foi mantida sob sigilo, esteve presente e acompanhou a prisão do empresário a pedido de sua mãe. Entretanto, não tentou atrapalhar o trabalho policial, segundo confirmou a polícia.

Share