Turismo: De frente com Michel

O acesso a viagens na ponta dos dedos. Vamos fazer aqui uma comparação dos tempos na era do Turismo.

Até 1980 quem quisesse viajar em sua grande maioria recorria ao dono da agencia de turismo do bairro, aos amigos que já haviam vivido experiências e a revistas, jornais, livros, agendas de viajantes, e assim definia sua viagem.
Os aventureiros colocavam seu “carro” na estrada, se preparando para o inesperado, mas com muita adrenalina viviam cada momento da viagem.

Eu mesmo aos 20 anos de idade, minha viagem mais longa era aproveitar minhas férias de verão saindo de Gramado RS indo à Praia da Enseada em São Francisco do Sul SC, uma beleza incomparável!

Quando queria viajar para apreciar a natureza comprava a National Geographic, uma excelente revista que apresentava cada aventura, cada imagem, cada lugar!

O que dizer de hoje, quando não existem mais lugares neste planeta a serem desbravados pelo Turismo mesmo que ainda seja na forma mais primitiva. Jeff Bezos, 57 anos, dono da Amazon que nos conte, pois com certeza abriu um
novo e mais lucrativo negócio no turismo, as viagens de turismo para o espaço. E que viagem, em menos de 15 minutos foi lá e voltou. Quem de nós está preparado para tanta adrenalina, tanta emoção?

E para escolher o destino basta fazer uma breve pesquisa no Google, procurando sobre o lugar dos sonhos; uma praia paradisíaca, uma serra com baixas temperaturas, destinos com hotéis de luxo, cidades que oferecem a história da humanidade, e assim vai, basta clicar com a ponta dos dedos e pronto, está escolhido seu próximo lugar para o merecido descanso. A melhor viagem da sua vida é aquela que irá lhe proporcionar momentos únicos para curtir com todas as emoções e encantos possíveis, acompanhado ou não, fazendo valer cada centavo investido em lhe trazer para a sua vida real o sonho tão esperado.

Siegfried Michel
Administrador de Empresa / Consultor Hoteleiro
https://br.linkedin.com/in/siegfried-michel-1990a7116
Instagram @michelportoseguro

Share

One thought on “Turismo: De frente com Michel

Comments are closed.