‘Rabo preso é o único motivo que pode impedir o impeachment de Moraes’, diz Senador Jorge Kajuru

‘Rabo preso é o único motivo que pode impedir o impeachment de Moraes’, diz Senador Jorge Kajuru

Em entrevista ao Pânico, parlamentar considerou que pedido de derrubada está encaminhado no Senado; ‘No STF, ministro mostrou o que há de pior no ser humano: a arrogância’, afirmou

Na última semana, o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) se reuniu com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (Democtratas), e outros dois senadores, para articular o pedido de impeachment protocolado na Casa contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Além do pedido, Pacheco recebeu um abaixo-assinado com mais de 3 milhões de assinaturas demandando a derrubada de Moraes. Em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta terça-feira, 30, Kajuru afirmou que o pedido de saída está bem encaminhado no Senado. “Se o impeachment de um ministro nefasto como Alexandre de Moraes não passar, será exclusivamente devido ao rabo preso. Há senadores que têm medo porque, abertamente, os ministros os ameaçam com aberturas de investigações na Corte. É chato dizer isso, mas é a verdade. Ou demonstramos ao país que não temos medo e rabo preso, ou o pedido não dará em nada. Se aprovarmos o impeachment, o Senado recuperará sua imagem, respeito e credibilidade”, disse.

O senador também explicou os motivos que, segundo ele, justificam e viabilizam o afastamento de Moraes. “No pedido de impeachment que eu protocolei, nós reunimos as denúncias feitas enquanto Alexandre de Moraes trabalhava na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e depois passamos por suas falhas à frente do Ministério da Justiça, durante o governo de Michel Temer. Finalmente chegamos à sua atuação como ministro do STF, onde ele apresentou o que há de pior em um ser humano: a arrogância. Tomou atitudes desastrosas na Corte, sempre acompanhou os votos de Gilmar Mendes – que são absurdamente criticados em todo o país. Além disso, ele desrespeitou a Constituição quando quis fechar veículos de comunicação e mandou prender um deputado federal – rompendo com o direito inviolável à liberdade de expressão, e quando votou de maneira favorável à reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado.” Apesar de articular a saída de Moraes, Kajuru considera que o ministro Gilmar Mendes “merece” sofrer impeachment antes. “Pela maneira como se comporta, Moraes merece o impeachment há muito tempo. Antes dele, Gilmar deveria sair, e depois, Lewandowski. Esses são os piores.” Caso Pacheco dê continuidade ao pedido de Kajuru e paute a derrubada de Moraes no Senado, o Supremo poderá vivenciar o primeiro impeachment de um ministro em toda a sua história.

Share