O casal que não fede nem cheira mais na Bahia

O casal que não fede nem cheira mais na Bahia

O casal “Pimentel” tenta sobreviver politicamente, e com o fim das coligações, dificilmente a parlamentar vai conseguir bater o coeficiente ou armar o partido.

Eleita surfando na onda bolsonarista e defendendo as bandeiras conservadora, principalmente armamentista, a deputada federal, Dayane Pimentel (PSL), após trair de forma inescrupulosa o Presidente Jair Bolsonaro (sem partido), resolveu atacá-lo covardemente objetivando atrair o eleitor anti-bolsonaristabaiano.

Sem vida longa na política, e a grande prova teve nas eleições passadas, após sofrer uma derrota para Prefeitura de Feira de Santana e o maridão não conseguir se eleger vereador de Salvador, mesmo ambos com milhões do fundo partidário, a estratégia de Dayane é surfar agora na onda anti-bolsonarista. 

O casal “Pimentel” tenta sobreviver politicamente, e com o fim das coligações, dificilmente a parlamentar vai conseguir bater o coeficiente ou armar o partido. Contudo, especula-se em Brasília que Elmar Nascimento (DEM) pode assumir o comando da legenda no estado, através de uma articulação de ACM Neto (DEM), que já viu que o casal é ruim de voto e vai torrar milhões do fundão – verba essa que ajudaria muitos candidatos carlistas.

Dayane acredita que Neto arrumando o partido e Elmar sendo o puxador de votos, ela consiga ser puxada. Quem conhece o baixinho, e viu o que aconteceu em 2018, colocando seu amigo pessoal João Roma no Republicanos (tomando o lugar de Tia Eron), e em 2020 Roberta Caires no Patriotas, mostrou que ele elege quem ele quer, e, com certeza, o Democrata quer ser o responsável em encerrar a carreira política do casal que só lhe trouxe problemas. 

Por fim, esse casal não fede nem cheira mais na Bahia.

Por: Tiacandia.com.br

Share