O SEU PORTAL NA BAHIA

Notícias Justiça

Juristas indicam juíza do MT para substituir Rosa Weber no STF

Com aposentadoria da presidente do Supremo prevista para outubro, grupo defende escolha de Amini Haddad Campos para o cargo

Juristas indicam juíza do MT para substituir Rosa Weber no STF
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um grupo de juristas assinaram carta pela indicação da juíza Amini Haddad Campos para substituir a ministra Rosa Weber, no Supremo Tribunal Federal (STF).  Com a aposentadoria compulsória da atual presidente do Supremo em outubro deste ano, o presidente  terá a possibilidade de indicar mais um nome para a mais alta Corte do Judiciário brasileiro. Em junho, o petista indicou o advogado Cristiano Zanin para o cargo deixado pelo agora ex-ministro Ricardo Lewandowski. Agora, juristas defendem que uma mulher seja indicada, recomendando que a escolhida seja a juíza de carreira Amini Haddad Campos, que atua há quase 23 anos na Justiça de Mato Grosso e é juíza auxiliar da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), atualmente sob o comando de Weber. A própria presidente do Supremo Tribunal Federal criticou recentemente o baixo número de mulheres nos tribunais superiores no Brasil. A declaração aconteceu no mesmo dia do anúncio da escolha de Zanin para a Corte. “No Brasil nós temos muitas mulheres na base da magistratura, na Justiça em primeiro grau, mas o número decresce no intermediário. Na cúpula, nos tribunais superiores, o número é ínfimo”, disse a magistrada. A decisão sobre a indicação, contudo, caberá apenas ao presidente.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!