O SEU PORTAL NA BAHIA

Notícias Turismo

ABIH Nacional apresenta impactos da reforma tributária em encontro com parlamentares em Brasília

Presença da ABIH Sul da Bahia destaca importância do turismo em Porto Seguro

ABIH Nacional apresenta impactos da reforma tributária em encontro com parlamentares em Brasília
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) Nacional liderou uma comitiva de hoteleiros composta por cerca de 50 representantes, entre presidentes e diretores das ABIHs estaduais e do Distrito Federal, que estão em Brasília para apresentar aos parlamentares os impactos da atual reforma tributária no segmento hoteleiro. O encontro, realizado no Congresso Nacional, reuniu importantes nomes do setor, incluindo Vinícius Carvalho, vice-presidente da ABIH Sul da Bahia.

A presença de Vinícius Carvalho, representante da ABIH Sul da Bahia, destaca a relevância de Porto Seguro no contexto do turismo brasileiro. Como um dos destinos mais procurados pelos turistas nacionais e internacionais, Porto Seguro desempenha um papel fundamental no desenvolvimento econômico da região. A participação da ABIH Sul da Bahia neste encontro é essencial para assegurar que os interesses e as especificidades desse importante destino turístico sejam levados em consideração durante as discussões sobre a reforma tributária.

A ABIH Nacional, embora seja favorável à reforma tributária, enfatiza a necessidade de estabelecer faixas diferenciadas de alíquotas para os diferentes setores econômicos do país. Nesse sentido, Manoel Linhares, presidente da entidade, ressalta que, assim como ocorre no setor cultural, o turismo também requer um tratamento especial na reforma tributária, com a inclusão na lista de atividades que possuem alíquotas reduzidas. A proposta de aumentar os impostos do setor hoteleiro de aproximadamente 8% para 25% seria prejudicial à competitividade do Brasil como destino turístico, tanto em âmbito nacional quanto internacional.

 

"Necessitamos buscar um modelo de atualização tributária em que setores como o turismo e a hotelaria, que são grandes geradores de emprego, possam ser beneficiados com abatimento de impostos e desoneração da folha de pagamento, criando um ambiente favorável ao emprego e estimulando investimentos", afirmou Manoel Linhares.

A mobilização da comitiva tem como objetivo principal mostrar aos parlamentares os impactos das Propostas de Emenda Constitucional (PECs) 45/2019 e 110/2019, que preveem uma alíquota única de 25%. Segundo a ABIH Nacional, a implementação dessa alíquota resultaria em um aumento médio de 180% na carga tributária sobre o setor de serviços, o qual inclui a hotelaria. Essa medida teria efeitos negativos na alocação de recursos, nos investimentos e na geração de empregos. É importante ressaltar que os impostos sobre o consumo já representam a maior parte da arrecadação federal no Brasil, ressaltou o presidente da entidade.

A presença da comitiva no Congresso Nacional destaca a relevância do setor hoteleiro e do turismo para

a economia do país. Nesse sentido, a presença de Vinícius Carvalho, vice-presidente da ABIH Sul da Bahia, é de extrema importância, especialmente para representar os interesses de Porto Seguro, um dos destinos turísticos mais populares do Brasil.

Porto Seguro, conhecida por suas belas praias e rica história, desempenha um papel fundamental no turismo nacional e internacional. A participação da ABIH Sul da Bahia no encontro com os parlamentares em Brasília visa garantir que as peculiaridades e necessidades desse importante destino turístico sejam devidamente consideradas durante as discussões sobre a reforma tributária.

A ABIH Nacional destaca que é fundamental adotar uma abordagem diferenciada na reforma tributária, a exemplo do que já acontece no setor cultural, a fim de promover a competitividade do setor de turismo. A proposta de aumentar os impostos para o setor hoteleiro de 8% para 25% representa um desafio significativo para a atratividade do Brasil como destino turístico, tanto para os turistas domésticos quanto para os internacionais.

Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional, ressalta a importância de um modelo tributário que proporcione benefícios fiscais e redução da carga tributária para setores como o turismo e a hotelaria. Essas medidas contribuiriam para a criação de um ambiente propício para a geração de empregos e o estímulo a investimentos no setor.

A mobilização da comitiva tem como objetivo principal demonstrar aos parlamentares os impactos negativos que as Propostas de Emenda Constitucional (PECs) 45/2019 e 110/2019, que preveem uma alíquota única de 25%, teriam sobre o setor de serviços, incluindo a hotelaria. A ABIH Nacional destaca que essa medida resultaria em um aumento médio de 180% na carga tributária, o que afetaria diretamente a alocação de recursos, os investimentos e a geração de empregos no setor. É importante destacar que os impostos sobre o consumo já representam a maior parte da arrecadação federal no Brasil, reforçou o presidente da entidade.

A presença da ABIH Sul da Bahia, representada pelo vice-presidente Vinícius Carvalho, fortalece a voz do setor hoteleiro e do turismo em um momento crucial para as discussões sobre a reforma tributária. Espera-se que os parlamentares levem em consideração as demandas e particularidades do setor para garantir um ambiente tributário favorável ao crescimento do turismo brasileiro e, em especial, ao desenvolvimento de destinos turísticos de renome como Porto Seguro.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!