Morre Alessandro Oliveira, coordenador da Lava Jato no Paraná

Morre Alessandro Oliveira, coordenador da Lava Jato no Paraná

Membro do Ministério Público Federal desde 2004, o procurador substituiu Deltan Dallagnol no comando da força-tarefa em setembro do ano passado

Morreu nesta última quinta-feira, 20, aos 45 anos, o procurador Alessandro Oliveira, coordenador da extinta força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná. Membro do Ministério Público Federal (MPF) desde 2004, Oliveira substituiu Deltan Dallagnol na chefia do grupo em setembro do ano passado. A informação foi confirmada em nota pelo MPF, que não informou a causa da morte. “O colega Alessandro fará falta neste momento em que estamos institucionalizando as forças-tarefas. Sua competência, dedicação, ponderação e lealdade ao MPF são exemplos a serem seguidos”, disse o procurador-geral da República, Augusto Aras.

Em seu perfil no Facebook, Dallagnol também lamentou a morte do procurador. “Foi com coragem, espírito público e disposição para o sacrifício pessoal em favor da sociedade que Alessandro assumiu a coordenação no MPF da maior operação anticorrupção da história brasileira. Eu tenho especial razão para agradecê-lo porque foi a decisão dele que me permitiu ter mais tempo para dedicar à saúde da minha família quando isso foi necessário”, escreveu o ex-chefe da Lava Jato em Curitiba.

Share