Jornal ‘Estadão’ acusa bolsonaristas de ”tirar do contexto” a prisão da esposa do presidente da CPI

Jornal ‘Estadão’ acusa bolsonaristas de ”tirar do contexto” a prisão da esposa do presidente da CPI

Aparentemente, o Estadão virou ”defensor público” de um clã político acusado de desviar R$ 100 milhões da Saúde

Segundo matéria publicada no site do jornal Estadão, o coitado do presidente da CPI do Senado, Omar Aziz, e a coitada da sua esposa, Nejmi Aziz, estão sendo vítimas de ”notícias imprecisas”.

Vejam o que escreveram na matéria: ”Conteúdos nas redes sociais espalham mensagens sem contexto sobre a prisão de Nejmi Aziz, deputada estadual do Amazonas e esposa do presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), em 2019. (…) Esta não é primeira vez que a prisão temporária de Nejmi Aziz é usada em conteúdos desinformativos nas redes sociais. O Estadão Verifica já desmentiu um boato que, de forma enganosa, associa um vídeo de uma mulher sendo retirada de um avião por policiais com a prisão da ex-primeira-dama do Amazonas.”

Aparentemente, o Estadão virou ”defensor público” de um clã político acusado de desviar R$ 100 milhões da Saúde. Que ”fofo”, né? Coitadinha da esposa do senador Omar Aziz, ela foi presa, mas já foi solta, e ainda não foi condenada, poxa! Mais respeito com ela!

Apenas porque Omar Aziz e os demais senadores da CPI atacam Bolsonaro, a mídia sai em defesa desse tipo de gente. Comparem com o tratamento que dispensam para policiais, por exemplo: mesmo quando eles atiram em legítima defesa, a imprensa cai matando, com manchetes canalhas e que induzem o leitor a acreditar que o policial matou um cidadão de bem. É difícil de saber o que há de mais podre no Brasil: os políticos, o Judiciário ou a imprensa!

Share

3 thoughts on “Jornal ‘Estadão’ acusa bolsonaristas de ”tirar do contexto” a prisão da esposa do presidente da CPI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *