Caldo entornando: caminhoneiros em Brasília ameaçam invadir o STF

Caldo entornando: caminhoneiros em Brasília ameaçam invadir o STF

”Se não for assim, nunca vamos limpar o país”, disse um dos caminhoneiros

Em Brasília, na noite dessa quarta-feira, dia seguinte às grandes manifestações do dia 08 de Setembro, ainda há caminhões diante dos palácios dos poderes. Mais precisamente: caminhões tentando bloquear a entrada do Supremo. E em comparação às outras paralisações que já ocorrem em outras cidades do país (ao menos em 16 cidades), esses manifestantes de Brasília têm pautas mais ideológicas e pró-Bolsonaro, e menos relacionadas à economia.

E quem seriam esses caminhoneiros? E quantos seriam? De acordo com a Folha de SP, são ”101 caminhões estacionados no canteiro ou nas duas vias paralelas da Esplanada dos Ministérios. E há um padrão nessas frotas: vários veículos têm as mesmas características e pertencem a grupos econômicos, como consta na plotagem feita nos carros.”

Circula na internet um vídeo de um dos caminhoneiros explicando as reivindicações dos presentes. E as palavras são surpreendentes: ”Mas se não for assim, nunca vamos limpar o país (…) Nós estamos reivindicando tudo: cair o STF (…) e voto auditável”.

Share