Bolsonaro tem quadro de saúde estável, mas sem previsão de alta, diz boletim médico

Presidente foi levado ao hospital na madrugada desta segunda-feira com suspeita de obstrução intestinal e seguirá em tratamento ao longo do dia; segundo a Secom, chefe do Executivo passa bem

O presidente Jair Bolsonaro foi internado na madrugada desta segunda-feira, 3, em um hospital de São Paulo. Ele chegou na capital paulista por volta das 2h da manhã e foi encaminhado para o Hospital Vila Nova Star, na Zona Sul, com fortes dores abdominais. Ele deve passar por uma série de exames ao longo do dia e ficar em observação. O presidente estava de férias em Santa Catarina desde 27 de dezembro, mas sentiu fortes dores na noite deste domingo, viajando para São Paulo durante a madrugada. Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social (SECOM) afirmou que Bolsonaro deu entrada na unidade de saúde após sentir um desconforto abdominal, mas “passa bem”. O Hospital Vila Nova Star informou que o presidente tem um quadro de suboclusão intestinal, está estável e em tratamento. Ainda não há informações se ele vai precisar de uma cirurgia. Segundo o boletim médico, não há previsão de alta.

O médico Antônio Luiz Macedo, que acompanha o presidente desde 2018, quando ele recebeu a facada durante a campanha eleitoral e começou a ter problemas intestinais, está em viagem nas Bahamas, mas deve retornar a São Paulo ainda nesta segunda-feira. A última vez que Bolsonaro foi internado no hospital foi em julho do ano passado, quando ele foi tratar justamente uma obstrução intestinal. Na ocasião, os médicos já cogitavam realizar uma cirurgia no presidente, mas o procedimento não foi realizado e o mandatário recebeu alta após quatro dias de internação.

Share