Bolsonaro anuncia retorno de motorista brasileiro preso na Rússia

Robson Oliveira trabalhava com o meia Fernando, do Spartak de Moscou

O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste domingo (2) que o governo da Rússia liberou Robson Nascimento de Oliveira, ex-motorista do meia Fernando, atualmente jogador do Beijing Guoan, a retornar para o Brasil após mais de dois anos detido em Moscou. 

“Depois de uma longa negociação com o governo Russo, foi anunciado no dia de hoje a liberdade do Robson, que trabalhava com o jogador Fernando, do Spartak, de Moscou. Quero agradecer ao governo russo por tê-lo liberado. O que Robson usava era permitido no Brasil, um medicamento. Mas, lá na Rússia, não, e o governo russo seguiu a legislação local”, afirmou Bolsonaro, por meio das redes sociais.

Jogador Fernando do Spartak de Moscou patrão de Robson Oliveira trabalhava

Segundo o presidente, Robson chegará ao Brasil na quinta-feira (6). O motorista foi preso no dia 17 de março de 2019 ao entrar na Rússia com caixas do medicamento Mytedon (cloridrato de metadona). O remédio é usado no alívio da dor aguda e crônica intensa e é legalizado no Brasil, mas proibido no país europeu. A defesa do motorista sempre alegou que os remédios seriam para o sogro de Fernando, William Pereira de Faria. A história teve grande repercussão nas redes sociais, e a informação sobre o medicamento não chegou a ser confirmada pelo jogador de futebol e os seus familiares ao governo russo. 

Agência Brasil EBC

Share