”A corda já arrebentou”, diz Bolsonaro

”A corda já arrebentou”, diz Bolsonaro

Declaração de Bolsonaro insuflou ainda mais as manifestações do Dia da Independência

Em conversa gravada para o Canal Rural e divulgada ontem (24/08), o presidente Jair Bolsonaro destilou, em tons sinceros, sua indignação com as atitudes tanto do STF quanto do TSE; e mais precisamente, em relação a Alexandre de Moraes e do corregedor-geral do TSE, Luis Felipe Salomão.

Moraes, como se sabe, é o autor de vários inquéritos e ações policiais que estão mirando, sobretudo, a direita conservadora, incluindo muitos políticos bolsonaristas (como o próprio presidente). Por sua vez, Salomão, o corregedor-geral do TSE (órgão comandado por Barroso), bloqueou a monetização de páginas consideradas ”propagadoras de notícias falsas”.

“Olha, eu digo que aqui em Brasília não tem gente com superpoderes. Eu sou chefe do Executivo, sou transitório. Nós temos do outro lado da Esplanada a Câmara e o Senado, que também são passageiros. E mais à esquerda, o Supremo Tribunal Federal, onde alguns poucos ministros, no meu entender, têm exagerado, têm se exacerbado e prejudicam o andamento da nação”, disse Bolsonaro.

E concluiu, numa declaração explosiva, e que com certeza está instilando as manifestações desse dia 7 de Setembro: ”Extrapolou, no meu entender, os limites. Não está arrebentando, arrebentou a corda”.

Share